As simbologias do casamento judaico

Posted on Sep 27 2012 - 3:59pm by admin

O casamento judaico é uma das celebrações mais repleta de rituais e tradições que conhecemos. Do início ao fim os noivos estão rodeados de ações que representam o comprometimento entre o casal e diante de Deus, indo desde Shidukhin (noivado) até o Kidushin (consagração do casamento).

Para o judaísmo, o casamento representa um contrato feito com Deus e a união de duas almas que passarão a ser uma só. Por isso é tão importante que todas as etapas e rituais sejam seguidos, para que os noivos possam iniciar uma nova vida juntos de forma pura e amorosa.

O primeiro sinal que podemos destacar do casamento judaico é a chupá. Também chamada de khupá, trata-se da tenda sob a qual se realiza a cerimônia do casamento. Esse costume representa o espaço que agora passa a acolher o casal, sua moradia, e está aberta por todos os lados para representar conexão dos noivos com os amigos e familiares.

Normalmente é utilizado esse recurso em casamentos ao ar livre, porém, na falta dele, também é utilizado o talit, que é um xale, geralmente utilizados pelos homens, mas que é colocado sob os noivos e sustentado por quatro varões durante a cerimônia.

O kipá é um dos símbolos mais conhecidos das tradições judaicas e, possivelmente, o acessório mais importante para o noivo. Trata-se de um tipo de chapéu que representa “temor a Deus” e geralmente é utilizado em cerimônias de devoção e atos solenes, como o casamento. Entre os judeus ortodoxos também pode ser usado o solidéu, outro formato de chapéu.

 

Enquanto isso, entre os acessórios da mulher o mais importante é o véu da noiva. Durante toda a chupá a noiva deve estar coberta por seu véu, por diversos motivos. Um deles é a tradição que, durante e cerimônia, a presença de Deus irradia do rosto da noiva, outra razão é representar a modéstia das mulheres judaicas e que o noivo se importa mais com suas qualidades espirituais do que com a beleza física.

 

Além dos objetos utilizados na cerimônia do casamento judaico também existem rituais praticados pelos noivos e os mais interessantes e conhecidos são das sete voltas e a tradição de quebrar o copo. O primeiro é feito pela noiva, que dá voltas ao redor do noivo representando, entre outras coisas, os sete dias da criação. Enquanto a quebra do copo representa que os noivos são como vidros, que apesar de quebrados sempre podem estar dispostos a se reconstruir e o casamento surge como forma de se multiplicarem. E depois do som do copo quebrado é dado inicio à música, dança e a grande festa.