A honra de ser madrinha de casamento

Posted on Nov 11 2011 - 5:31am by admin

A honra de ser escolhida madrinha de casamento

 

O texto de hoje é um depoimento da Roberta Dusi, do blog Nosso Dia Branco (www.casamentobetaeivan.blogspot.com). Descobri o blog dela faz algum tempo e percebi que ela seria a pessoa ideal para falar do assunto, já que já foi noiva e madrinha de casamento! Mas chega de introdução, vamos ao depoimento da Roberta, vale a pena ler!

” A honra de ser escolhida madrinha de casamento

A primeira vez em que fui escolhida para ser madrinha de um casamento eu tinha apenas dezesseis anos. Àquela época não sabia bem o meu papel e acredito que nem cheguei a pensar nisso. Mesmo assim me senti honrada e especial. Mas minha amiga, a noiva, a quem considero uma irmã, era mais madura e talvez soubesse que desde o início daquela união eu já desempenhava o papel de ser sua madrinha.

 noiva e as madrinhas de casamento

Ser madrinha de um casal é antes de tudo ter vocação para a amizade. É vibrar junto com as conquistas, é saber oferecer um sorriso, um abraço e o ombro, sempre que precisarem. É saber ouvir, saber compartilhar da felicidade do outro, é estar sempre presente, ainda que fisicamente distante. Para ser madrinha, é preciso saber amar. E isso eu já estava aprendendo aos dezesseis.

Onze anos depois, chegou a minha vez. Isso mesmo, agora era eu a noiva! E lá estava ela, minha primeira afilhada, agora no seu papel de madrinha, me incentivando, curtindo junto comigo cada passo, cada emoção, cada escolha, com uma dedicação linda e cheia de amor. Assim como ela, e cada uma ao seu jeito, minhas outras madrinhas coloriram ainda mais o meu sonho, me apoiaram, me aguentaram falando só de um assunto e me acalmaram em tantos momentos que precisei.

depoimento de uma madrinha de casamento

Ah, isso sem falar das “fadas-madrinhas”, aquelas mulheres tão especiais, que não estavam na lista das madrinhas “oficiais”, mas que simplesmente surgiram cheias de boa vontade, de empolgação e de carinho e que adoravam participar desse momento, um dos mais especiais na vida de um casal. Dentre elas, estão certamente minha mãe, minhas avós, minha madrinha de batismo, minha sogra, minhas primas e algumas amigas muito amadas.

A celebração do casamento é uma emoção indescritível, um momento único de reunião, de amor, de alegria. Mas ela passa relativamente rápido e é na vida, no dia-a-dia, que a madrinha de fato deve exercer sua função principal, a de cuidar, acolher e compartilhar da vida do casal. Compartilhar alegrias e dificuldades, estar disponível para a amizade, cumprir o papel de ser um pouco “mãezinha” do casal.

 madrinhas e padrinhos de casamento

Meu casamento me trouxe muitas realizações e alegrias. A partir dele, passei a acreditar de verdade na força da união de duas pessoas que se amam e que escolhem construir uma história juntos. E nesse contexto, vivi a graça e a honra de ser escolhida madrinha de três novos casais, muito especiais para mim. E o ciclo recomeça. Como uma orquestra, que pretende, somente, propagar amor.”

Um texto lindo não é verdade? E não esqueçam de passar no blog Nosso Dia Branco www.casamentobetaeivan.blogspot.com!! Quem mais é ou já foi madrinha de casamento?